No capítulo 51, segunda-feira, 23 de dezembro - Carlos rouba alguns documentos confidenciais das empresas San Roman e os oferece a Flávio Martinelli em troca de dinheiro. Alba comenta com Estevão que a decisão de Estrela de se casar tão repentinamente é por causa da presença de Maria na mansão. Ela critica o sobrinho por ter levado Maria para viver com eles e o culpa pela provável separação de Estrela.

No capítulo 52, terça-feira, 24 de dezembro - O casamento de Estrela e Carlos está a ponto de se realizar, mas todos se surpreendem quando Estrela diz que não aceita Carlos como seu esposo. Maria, desesperada, pede ao padre Belisário que lhe diga quem matou Patrícia. Belisário explica que está impedido de dizer por causa do segredo de confissão. Maria se surpreende ao ver seu quarto em desordem e percebe que o diário de Patrícia desapareceu.

No capítulo 53, quarta-feira, 25 de dezembro - Poodle comenta com Leonel que está interessado em comprar a casa onde mora. Maria conta para Estevão que alguém revirou seu quarto e roubou o diário de Patrícia mas, ao chegarem lá encontram tudo em ordem e o diário no lugar. Maria abre o diário e percebe que estão faltando algumas páginas. Estevão vai até o apartamento de Ana Rosa. Ela o assedia mas Estevão a despreza e vai embora.

No capítulo 54, quinta-feira, 26 de dezembro - Ana Rosa pergunta para Daniela quais foram os primeiros sintomas da loucura de sua mãe. Magui leva Ângelo para um lugar deserto e tenta seduzi-lo. Ele se nega e vai embora. Mas, ao tentar sair do bosque ele cai, bate a cabeça e fica inconsciente. Leonel pergunta ao padre Belisário se é verdade que sua mãe não o amava. Maria fica sabendo que Heitor está detido na delegacia e vai até lá. Ele se surpreende ao vê-la.

No capítulo 55, sexta-feira, 27 de dezembro - O padre Belisário diz a Leonel que sua mãe era uma mulher perversa e que nunca lhe contaram nada para que não sofresse. Estrela pede explicações ao pai e pergunta por que nunca lhes contou que Ângelo não é filho de sua mãe. Estevão entra no quarto de Maria e encontra uma carta escrita por Evandro onde ele confessa que sempre esteve apaixonado por ela. Diante dos fatos, ele acredita que o amigo pode ter mentido no julgamento para destruir Maria.